Carregando... Aguarde...

Dicas

ROBERT PARKER DÁ ADEUS AOS BORDEAUX ‘EN PRIMEUR’

Postada em 07/06/2016 às 18:05:16

Hoje saiu uma matéria no caderno Paladar do Estadão que causou um reboliço em Bordeaux.

O crítico de vinhos mais influente do mundo, o americano Robert Parker, delegou a degustação dos vinhos de Bordeaux “en primeur” a Neal Martin, um dos colaboradores da publicação Wine Advocate. A notícia causou alvoroço no mundo vinícola.

Parker já não vai à Borgonha – deixou de ir, inicialmente por causa de hostilidade de produtores . E também já passou as degustações de vinhos da Itália para um ajudante. Agora, anuncia que está abrindo mão de Bordeaux, após acompanhar as safras na região pelos últimos 37 anos. Por anos seguidos, se plantou no hotel durante a época das provas en primeur e passou os dias avaliando os vinhos que os produtores enviavam a ele. Parker não gosta de afirmar que não pede vinhos, mas diz que não se opõe quando produtores enviam garrafas para ele provar.

Parker classificou a mudança de inevitável e, embora tenha afirmado em seu site que não está se aposentando, é simbólico que deixe de ir a Bordeaux, pois foi justamente essa prova antecipada – em que os produtores apresentam os vinhos da safra antes mesmo de estarem engarrafados – que catapultou sua reputação. Diferentemente de muitos especialistas europeus, Parker concluiu que a safra de Bordeaux 1982 era uma grande safra. Enfrentou desconfiança, mas não se importou e teceu grandes elogios aos vinhos. Com o tempo sua opinião se mostrou acertada.

Parker diz que continuará provando vinhos e afirmou que vai avaliar a recém-engarrafada safra 2012 de Bordeaux. Disse também que ao longo do ano fará a revisão da degustação dos Bordeaux 2005, após dez anos de produção.